Arquivos para o mês de: setembro, 2009

http://www.anaventura.com/

(Pedroca dando um “banho” no tio Chico)

ele já: se vira na cama, gargalha, faz carinho na gente (arranha também), puxa cabelo, abre a boca pra mostrar que está feliz, canta o dia inteiro, conversa olho-no-olho, berra querendo mamar, grita querendo atenção e fala bem alto mostrando que já acordou, balança os pezinhos demonstrando alegria e ansiedade, quer mergulhar o rostinho na água na hora do banho, dorme de ladinho, esfrega o narizinho no meu quando está com sono, olha fixamente para belos e grandes lustres, gosta de assistir discovery kids (mas prefere brincar no SUPER TAPETE que comprei pra ele dia desses), é tão curioso (olha tudo e todos – não pode escutar um barulho diferente que já vira o rostinho na direção do som), gosta muito de andar de carro e principalmente de dormir no carro… e agora sua mais nova façanha: pode comer sucos e papinhas de frutas!!!

amanhã será o grande dia! :o)

agora falta pouco.

(não vejo a hora!)

Futuros Amantes [Chico Buarque]

Não se afobe, não, que nada é pra já
O amor não tem pressa, ele pode esperar em silêncio
Num fundo de armário, na posta-restante
Milênios, milênios no ar
E quem sabe, então o Rio será alguma cidade submersa
Os escafandristas virão explorar sua casa
Seu quarto, suas coisas, sua alma, desvãos
Sábios em vão tentarão decifrar
O eco de antigas palavras
Fragmentos de cartas, poemas
Mentiras, retratos
Vestígios de estranha civilização
Não se afobe, não, que nada é pra já
Amores serão sempre amáveis
Futuros amantes, quiçá
Se amarão sem saber
Com o amor que eu um dia
Deixei pra você

amanhã vou trabalhar. saco. acordar cedo, me despedir do Pedroca (a coisa mais difícil do mundo) e ter que ficar 7h tra.ba.lhan.do.no.sá.ba.do.de.fe.ri.a.do. putz. mereço. olha, tá foda, viu? como minha prima é a única pessoa da minha família que pode cuidar da minha cria, estou comendo o pão que o coisa ruim amassou. tenho que acordar às 5:30h. pego trem espanhol, van da orca, metrô e buso. uma ju-di-a-ção. hahahaha. isso na ida e isso na volta. mais de duas horas nessa viagem. putz. mereço. mas tudo por pouco tempo (reza aí!). então… tô super dramática hoje. super. vontade de chorar no ombro dela só pq ela não me conta mais as coisas. hare baguandí, japa! gente!!! SP é puro cinzeiro, hein?! nooossa! quando passo pela Paulista fico até enjoada de tanta fumaça de cigarro! e as bitucaiada no chão? que coisa mais feia! ESSE MÊS COMEMORO 1 ANO SEM FUMAR!! viva eu. hummm… tô super afim de me apaixonar. apaixonar mesmo. com direito a não conseguir dormir, sexo selvagem, escutar rádio pensando “a próxima música ele tá cantando pra mim”, não cansar de pensar nele… vamo vê. sem pressa pra ser pega de surpresa.

 

pedroca anda tão fofo! ele fala o dia inteiro. e se canto pra ele, ele me acompanha com sonoros ahnnnn, eeeee, ooooo. coisa rica. e agora faz carinho no rosto da gente… fica querendo ficar grude comigo o tempo todo e eu, me esforçando MUITO, não deixo. coloco ele no carrinho e o distraio. contei que estou com uma puta tendinite no braço?? então, não dá pra ficar com um menininho de quase 5 meses e com mais de 8kg no colo (sim, ele é imenso! minha bolinha de gostosura). agora deu pra querer ficar em pé o tempo todo. coloco ele deitadinho e ele faz uma força danada pra sentar. e depois de sentado faz força pra ficar em pé. fdp ele. quer crescer logo. “deita aí, molecóti! brinca aqui com o cebolinha, ó.” então… o brinquedo que ele mais gosta é um elefantinho que batizei Jão. mas o que ele mais morde é o cebolinha. e eu sigo colocando nomes em todos os brinquedos dele. adoro.