este foi o ano mais punk da minha vida. o mais complexo e foda e filho da puta (em todos os sentidos).

mas, já está acabando, né? e 2010 chega e me encontra cheia de sonhos e promessas. cidade nova, casa nova, trabalho novo, bebê pra cuidar e família/amigos por perto.