Arquivos para categoria: alegriazinhas

you and me
Dia bom pra voltar a escrever aqui… Enchi minha casa de flores, brinquei muito com meu filhote, fiz um pavê simples e convidei minha irmã e sobrinho-afilhado pra provar no final da tarde… Me sinto preenchida de AMOR. Ando numa fase tão feliz que dá até um certo medinho. Mas tô sussu. O que tiver que acontecer, que aconteça. Me sinto forte!

Cortei (eu mesma) meus cabelos… Foi só a parte da frente, mas já faz uma diferença danada. Assisti uns vídeos sobre cabelos cacheados e vi um corte tão lindo! Aí, como se eu fosse uma super profissional dos cabelos, fui lá no banheiro e ZAP! A louca.

Vontade de escrever sempre aqui. De recomeçar mesmo. E a Alda é minha grande incentivadora! Viu só, Alda? Não tinha prometido procê? =)

olhem so o Pedroca comendo o melhor brownie do mundo!





trocando meu pequeno. “agora levanta a bunda” (esqueci de falar bumbum, às vezes esqueço as palavras certas pra se falar com uma criança). e ele ficou repetindo sem parar (para a alegria da minha mãe): “BUN-DAAAA! BUN-DAAAA! BUN-DAAAA!”

e, por falar em bunda, sempre que o troco deixo a fralda suja num saquinho ao lado. pedroca, esperto que é, percebeu que sempre após trocá-lo levo esse saquinho pro lixo lá do banheiro. dia desses terminei a troca, o coloquei no chão e ele já tomou rumo pra fora do quarto. fiquei por ali fazendo sei lá o quê e depois fui atrás da cria.
lá estava ele, no banheiro, com o saquinho da fralda suja nas mãos. “cáca! cáca!” abriu o lixinho, jogou lá dentro, fechou e bateu palmas no final.
e agora é sempre assim.

que foto linda! é daqui.

semana passada o carteiro teve que parar lá em casa por DUAS vezes! primeiro recebi o tão esperado-sonhado-desejado (ai, água na boca de lembrar!) BROWNIE da Zel (e do Fer, claro). pelamor, que delícia! eu, egoísta que sou pra comida, não queria dividir com ninguém. mas ao mesmo tempo queria dividir essa alegria com todo mundo. e assim acabou sendo. todos em casa se lambuzaram com a receita da minha amiga-querida que tá lá, toda DOIS-EM-UM! logo colocarei a foto do Pedroca completamente browniado! ;o)

o outro Sedex chegou no dia seguinte… eram presentes-fofos da Aldoca! livro bacana, vasinho pra plantar trevo (com pazinha e tudo!) e carrinho de madeira pro Pedro (lindo, lindo! ele ficou LOUCO). a Alda é toda assim, sabe? de outro mundo mesmo.

e eu nem sei agradecer tanto carinho. só fico repetindo “como sou rica de amigos, Senhor!”.

obrigadão, queridonas da minha vida!

15 dias. do nascimento até hoje. parece que foi ontem, mas também parece que foi há uns 3 anos. (assim, estranho mesmo). ele cresce a cada dia e segue mudando a carinha, o beicinho, as manhas e manias. e eu continuo babando. olhando pra ele e lambendo a cria.

e dizem que é difícil, mas maravilhoso ser mãe. eu diria que difícil é pouco. me sinto sugada, sem uma gota sequer sobrando pra contar história. sou TODA dele. 24 por 7. e ele me quer e sempre e mais. e sigo me doando, me entregando…  o quanto posso e mais um téquinho.

mas é verdade que é maravilhoso. bom-bom-bom. gostoso olhar pra ele. me deliciar com seus olhares, suas mãozinhas, seu cabelinho claro… e o cheirinho, gente??? ai MEU DEUS como amo sentir o cheirinho dele! e se ele chora eu sofro, se ele fica quietinho brincando eu sinto uma felicidade indescritível, se ele grita de fome quero saciá-lo o quanto antes… e quando ele solta aqueles barulhinhos “ahnnn/huhu/glup” eu d-e-r-r-e-e-e-e-e-e-t-o. definitivamente: vale a pena.

e assim vamos seguindo nessa rotina gostosa e trabalhosa… ele num círculo vicioso (mamar/fazer xixi.cocô/dormir) e eu crescendo e me descobrindo mãe.

dsc09234
meu Petit

meu Petit